Como desenhar sobrancelhas realistas

Então fica com a gente aqui, deixe seu like e se você curte se aprofundar em temas sobre desenhos realistas, se inscreva aqui em nosso canal, porque semanalmente a gente vem trazendo assuntos relevantes sobre esse tema.

Depois que eu comecei a dar cursos de desenhos para profissionais na área de micro-pigmentação e design de sobrancelhas, eu recebo muitas mensagens de pessoas me perguntando sobre como fazer um trabalho mais realista, e logo, uma coisa que eu percebi de cara, é que o tipo de desenho realista que eu faço no papel é diferente da aplicação feita com um demógrafo ou tebori.

As ferramentas que são usadas, normalmente, num procedimento de pigmentação na pele, mas esse seria um assunto no próximo post, porque hoje aqui eu quero mostrar como eu faço no papel, e quem é dessa área estética de pigmentação vai logo entender que são técnicas diferentes sim, mas que se igualam no que diz respeito à leveza da mão, à habilidade do movimento, precisão no traço, firmeza, enfim.

Então, por causa dessas semelhanças de uma técnica e outra é que eu tenho adaptado exercícios voltados, não só ao desenho em papel, mas principalmente para desenvolver um olhar artístico no micro pigmentador, que o permita aplicar técnicas de realismo feito com lápis no papel à sua forma de trabalhar na pele, e assim alcançar um resultado mais realista.

Bom, vamos para a parte prática, lembrando que hoje eu vou me ater somente ao estilo de traço que eu faço num desenho realista meu, e num próximo artigo, eu mostro como que eu faria o desenho desses fios ou pelos, sendo colocado, de forma mais precisa e harmoniosa, pensando que essa mesma forma de trabalhar e compreender o desenho, pode também ser aplicada no uso do demógrafo, por exemplo.

Bora pra aula!

Bom, então agora aqui para desenhar, a gente vai usar uma régua, na verdade eu vou usar essa régua só para fazer dois traços, que vão servir de guia para a construção do desenho, e depois eu vou desenhar em cima dessa cruz.

Essa cruz, na verdade, vai me servir como parâmetro para que eu faça o desenho. Então eu vou começar aqui a linha base da sobrancelha.

Na verdade eu só vou fazer o design dela aqui, e depois é que eu vou trabalhar a parte dos pelos realistas e tal, por enquanto só essa parte da construção do desenho da sobrancelha. Então, baseado nessa cruz, eu faço a construção do desenho, vou virando para facilitar o traço para minha mão.

Eu sempre viro o desenho no momento em que eu estou desenhando, buscando a melhor forma para desenhar, ok? Aqui o traço feito.

Agora vou só apagar as linhas que eu usei para a construção do desenho e começar então a fazer os pelos. Aqui o desenho da sobrancelha está feito, sempre com formas arredondadas, nunca com um bico, nem aqui, nem em baixo, nem aqui na ponta em cima, sempre formas arredondadas. A cauda, sempre mais alta que a base, ou no máximo, na mesma altura da base, dependendo do desenho da sobrancelha ou do formato do rosto, mas nunca abaixo.

Nunca não né, tem rosto que às vezes fica até legal, mas dificilmente, porque fica um olhar muito triste. Então agora, a partir daqui, eu vou começar a trabalhar com a lapiseira. E aí eu, particularmente, gosto de começar pela cauda. Todo mundo diz que é mais complicado, mas eu gosto mais assim.

Então eu vou fazendo, mas lembra que eu disse que isso aqui é uma sobrancelha realista que eu faço nos meus desenhos, e não necessariamente um tipo de pelos que eu faço num curso voltado para o pessoal da área da micro-pigmentação, porque esse tipo de traço rápido e muito junto, não dá certo quando adaptado a um demógrafo, por exemplo.

Então aqui, vou fazer mais pensando num desenho, num desenho realista. E eu vou fazer dois tipos aqui de sobrancelha. Estou fazendo essa, onde eu desenhei o formato, o que a gente chama de caixa, e depois eu vou desenhar uma outra sobrancelha sem a caixa, eu já vou desenhando direto com pêlos.

Movimentos

E aqui eu vou indo e vindo, procurando deixar sempre o começo e o fim dos traços bem fino, começo e fim do traço sempre fino, assim.

O começo e o fim fino, nunca assim: com o começo grosso, nem assim, grosso e grosso, tem que ser sempre fino e fino. E eu vou indo e vindo.

Esse tipo de traçado é uma questão de prática, faz anos que eu faço isso nos meus desenhos, então eu meio que acostumei a fazer esse tipo de traço, indo e vindo, a maior parte das pessoas, quando não tem costume de desenhar, têm mais dificuldade de fazer esse tipo de traço.

Aqui eu deixo escapar alguns fios propositalmente, mais para dar um aspecto mais natural, mas quando eu estou ensinando o assunto voltado para a micro pigmentação, a gente já não deixa escapar tantos assim, a gente deixa mais delineado, mais certinho, para dar um design mais bonito e também mais feminino.

Normalmente a sobrancelha feminina é mais definida. Definida que eu digo, a forma, menos pelos vazando para fora do design.

Curso que indico Curso sobrancelha perfeita 

Então tudo é questão de você conhecer seus limites, por isso é legal o exercício, por isso é legal você estar sempre exercitando, porque isso é uma forma de você, não só criar a habilidade, como conhecer os seus limites, você começa a conhecer de que forma você alcança melhores resultados.

A lapiseira que eu estou usando é uma lapiseira 0.5, com grafite 4B, mas não precisa ser uma dessas, pode ser uma lapiseira ou mesmo, mas com grafite que vem com ela já dá para você trabalhar legal.

Vejo você no próximo artigo!